Nutricionistas e alunos informam consumidores sobre valor nutricional do peixe

Nutricionistas e alunos do curso de Nutrição da Escola Superior da Amazônia (Esamaz) e Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição da Universidade Federal do Pará (UFPA) estarão, de 19 a 24 de setembro, nos diversos supermercados da cidade, informando consumidores sobre as propriedades nutricionais do peixe. A ação tem como coordenadores as professoras Cláudia Dutra, Yonah Figueira, Ivanira Dias, Rosa Dias e Ana Rezende.

A atividade integra a programação da 8ª Semana do Peixe, promovida pelo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) em todo o Brasil, com o objetivo de incentivar o brasileiro a consumir pescado regularmente, tendo como foco a alimentação saudável.

Em âmbito nacional, a iniciativa tem parceria do Ministério da Saúde, Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). No Pará, está sendo desenvolvida pela Superintendência da Pesca e conta com apoio da Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultira (Sepaq), Associação Paraense de Supermercados (Aspas), Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma), Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Esamaz, UFPA e Conselho Regional de Nutricionistas (CRN-7).

O CRN-7 participa da campanha em conjunto com a Sesma e Esamaz, divulgando a campanha nas unidades de saúde situadas próximas aos pontos de venda de peixe a preços acessíveis para a população de baixa renda, orientando os usuários das unidades quanto às propriedades nutricionais do pescado, e divulgando a campanha em seu site.

Segundo a coordenadora do curso de Nutrição da Esamaz e presidente do CRN-7, Yonah Figueira, as atividades visam a sensibilizar a população a incluir o consumo semanal de peixe como hábito alimentar uma vez que o peixe é um alimento rico em ferro, que previne da anemia; em proteína, importante para o crescimento; em cálcio e fósforo, fundamentais para a memória e osso; e principalmente em Omega 3, que ajuda a prevenir infarto, derrame, câncer, além de agir como antiinflamatório nas doenças reumáticas. “De acordo com o Guia Alimentar da População Brasileira o ideal que a pessoa consuma peixe pelo menos três vezes por semana”, explicou Yonah.

Desde o dia 11 de setembro, quando começou a Semana do Peixe, estão sendo distribuídas cartilhas aos consumidores em todo o País contendo informações sobre os benefícios que o consumo de pescado proporciona à saúde, além de orientações sobre como verificar a qualidade do produto na hora da compra, como limpar o pescado e diversas receitas regionais e melhoradas nutricionalmente, com quantidades reduzidas de sal e de gorduras. Também estão sendo distribuídos cartazes para serem afixados em bares, restaurantes e supermercados participantes da campanha.

Nesta terça-feira (20), o peixe estará com preço acessível no Mercado da Pedreira, dia 21 no Mercado de Icoaraci e no dia 23 no Mercado da Tavares Bastos. No dia 24 de setembro, também haverá venda itinerante de peixe com preço acessível na entrada da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Entroncamento e Estacionamento do Mangueirão.

Também está agendada para as 15h do dia 23 de setembro, no auditório da Esamaz da Municipalidade a mesa redonda sobre “A cadeia produtiva do pescado no Estado do Pará”.

Dica de conservação – Após o descongelamento, os pescados só podem ser congelados novamente se cozidos e preparados. No congelamento caseiro, os peixes devem ser mantidos inteiros, mas sem as vísceras. Camarões e lagostas devem ser congelados sem cabeça. Nunca se deve congelar espécies diferentes num mesmo recipiente. Ao manusear o pescado, o vendedor deve utilizar luvas descartáveis e a higiene do local de venda deve ser observada como um todo. Os peixes devem ter aspecto saudável (olhos claros, cheiro característico, escama e carne firmes e guelras vermelhas).

Acesse abaixo a agenda de atividades nos supermercados e receitas deliciosas:

Agenda nos supermercados - 343.5 kB

Receita-Peixe assado com molho de uva - 29 kB Receita-Bobó maranhense - 27 kB Receita-Moqueca capixaba - 28 kB Receita-Pirarucu de casaca - 31 kB Receita-Salada de atum - 27.5 kB

Faça um comentário